sábado, novembro 19, 2005

Composição outonal II

"Pardacentos outonos se passaram, de um cromatismo esplêndido de fazer inveja a qualquer paleta de pintor, de amarelos esverdeados das folhas sésseis dos castanheiros, numa mistura de matizes de todos os verdes das courelas, dos lameiros, olmos, oliveiras e salgueiros e..."

Esta descrição dispensa fotografia. Cito Fernando Chiotte, autor de O fechar do Círculo.

2 comentários:

Mendes Ferreira disse...

e assim se abre um circulo....:) e o mundo circula assim....na procura incessante da (in)beleza...mas aqui o mundo é outro...outonalmente sereno. boa noite. bjo.

AQUENATÓN disse...

E assim se alarga o círculo !
E assim se constrói a vida ...
Gostei e vou voltar.

Boa noite!Por um fio !