sábado, dezembro 03, 2005

Um, dois... quantos?


Biloba. Uma folha bilobada, com dois "lobos" ou duas "personagens"?. Imagem usada por Goethe neste poema quando se pergunta “serão dois juntos escondendo-se num?" Ou “é um ser que admite ser uno e duplo, afinal?” Jogo perigoso...mas muito comum!

"Does it represent One living creature
which has divided itself?
Or are these Two, which have decided,
that they should be as One?"

Sem comentários: