sexta-feira, dezembro 09, 2005

Um quarto com vista

Posted by Picasa

... para uma árvore.
É com esta árvore que começo o meu dia, é ela quem descobre, em primeiro lugar, os meus estados de espírito. É ela que muitas vezes me dá força para saltar da cama. Sobretudo quando o sol brilha e a faz sorrir. Ela sorri também para mim. É o cenário preferido do meu yoga e concentração matinal...
Conheço cada uma das suas folhas. Pois, sobretudo ao fim de semana, contemplo-a longas horas e ouço tudo quanto têm para dizer. Trepo, trepo... para a fotografar porque dia após dia se veste de cores diferentes. Vaidosa esta árvore!
Mas é, curiosamente, à noite que ela fala mais. Penso que é com a luz das estrelas ou o luar e um pouco de vento que elas se "abrem" mais... Sussurram coisas aos ouvidos da gente, parecem queixumes se o vento é muito, parecem segredos se é apenas uma leve brisa. Mas dão sempre uma toque de mistério às minhas noites. Oiço as suas histórias todas e depois escondo-me no meu édredon e quando os pormenores vão perdendo contornos e coloridos sinto que vou mergulhar no meu sono.
Mas com o Outono as suas folhas vão caindo. Caiem mortas no meu terraço. E uma noite destas não tenho mais histórias, e uma manhã destas não tenho quem me "mime" enquanto sentada na cama tomo o primeiro café da manhã e leio algumas linhas à pressa de um livro qualquer que se "atravessou" na cama...

3 comentários:

C.S.A. disse...

Pois gostei. Como não houvera de gostar! Também tenho uma árvore assim.

Mendes Ferreira disse...

a menina é mt sortuda sabia? ter u
ma árvore assim ao alcance dos olhos SEMPRE é para se pagar imposto!
Vou apresentar queixa....ainda não sei a quem mas vou....que coisa!bjos. ao cair da tarde.

E-clair disse...

Concordo, mendes ferreira.
E quem vê o mar, então... nem sei!! :)