sexta-feira, janeiro 06, 2006

Todos os dias recomeço o meu mundo para depois me perder nele


Posted by Picasa

os primeiros sinais de sol romperam numa nova manhã. invadiram-me o quarto. é preciso recomeçar. as nuvens resistem e a manhã fica colorida de cinzento. é inverno. tudo é mais difícil. é um tempo de ausências. perco-me na memória de tudo. perco o mundo todos os dias. no jardim há uma flor que cresce viçosa e indiferente à resistência do tempo que faz lá fora. os pássaros cantam como que desencontrados do seu tempo. afinal é preciso tempo. tempo para olhar a minha árvore. tempo para ganhar forças. tempo começar de novo. força para reencontrar o mundo outra vez. depressa "pinto" tudo com mais cor. depressa reconstruo o meu mundo. depressa salto cá para fora e misturo-me com o mundo... até me perder nele outra vez!

1 comentário:

TMara disse...

e ao perdermo-nos nos achamos tantas vezes, para + num mundo assim descrito.
Bom f.s Bjs e :)