terça-feira, fevereiro 21, 2006



a chuva faz desenhos tristes
escolhe lápis de cores escuras

desenha bancos de jardim
onde ninguém se senta

caminhos solitários
onde ninguém se passeia

não há olhares para trocar
ou palavras para dizer
...

3 comentários:

greentea disse...

caminhos solitarios pela floresta era o que me apetecia percorrer, hoje

Mendes Ferreira disse...

ninguém como tu para questionar.....palavras lugares

retratos


cores e o silêncio....


és do melhor que por aqui anda....beijos.

FOTOESCRITA disse...

Adorei! Belíssimo!
M