segunda-feira, março 13, 2006

Na Rua Presidente Arriaga...






Não encontrei casa nenhuma que se parecesse com o Ramalhete...

6 comentários:

Joaquim Silva disse...

e existe mesmo ou será completamente ficcionado pelo Eça?

FOTOESCRITA disse...

Acrescento ainda que na rua do tal solar, na rua entre a estação dos eléctricos e o largo do Calvário, e quase à esquina com a rua Leão de Oliveira (que desce da calçada da Tapada atravessando a rua dos Lusíadas) existe uma capelinha, Capela das Flamengas, que tenho ideia que era muito bonita e muito antiga.

greentea disse...

não será fácil...viste uma foto antiga da Rua das Janelas Verdes, publicada pala Bibliot Nacional?
fui lá parar atrav da pesquisa do google.
De qualq modo tens fotos das Janelas Verdes que estão lindas.!!!
eu , tenho colares para o almoço.

T. disse...

Hei! Joaquim não consigo chegar ao seu blog! Algum problema?

greentea disse...

o Damaso foi beber o colares e comer os bifitos depois de sair do Teatro S. Carlos - é bom q descubras aonde é o Malta, q nisso já não é da minha área...
Dorme bem

3/13/2006 3:01 PM

T. disse...

Ah! Mas ajuda-me lá...
Dá-me umas pistas para descobrir esse Malta...
Sabes que sobre a "Tragédia da Rua das Flores" não tenho grande material comigo (e ando com muita falta de tempo para fazer grande trabalho de invesdtigação). O único material que tenho comigo, além de umas poucas obras, é de um fundamentalista do Eça para quem a "Tragédia da Rua das Flores" passa ao lado, pois esta é considerada uma obra que tem origem em editores menos escrupulosos...
Eu gostei muito de ler a "A Tragédia da Rua das Flores", e li-a logo assim que foi publicada, mas foi muito controversa a sua publicação.
Eu não sou especialista de Eça, faço isto apenas com o pretexto e pelo gozo de tirar mais umas fotografias a Lisboa. E realamente a «geografia» queirosiana coincide com o que mais gosto de Lisboa...
Então, cá fico à espera da tua dica...
Bj.
Boa noite!