quinta-feira, março 02, 2006

Percursos Queirosianos

Posted by Picasa

... - Vejam - ia dizendo o conde: - vejam toda esta paz, esta prosperidade, este contentamento ... Meus senhores, não admira realmente que sejamos a inveja da Europa!
E o homem de estado, os dois homens de religião, todos três em linha, junto às grades do monumento, gozavam de cabeça alta esta certeza gloriosa da grandeza do seu país, - ali ao pé daquele pedestal, sob o frio olhar de bronze do velho poeta, erecto e nobre, com os seus largos ombros de cavaleiro forte, a Epopeia sobre o coração, a espada firme, cercado dos cronistas e dos poetas heróicos da antiga pátria - pátria para sempre passada, memória quase perdida!

( O Crime do Padre Amaro)

Sem comentários: