terça-feira, março 28, 2006

Um domingo como outro qualquer ou...



... a ver passar o domingo, partilhando solidões


Tempos diferentes, mas ociosidades um pouco semelhantes....

«No Largo dos Jerónimos, silencioso, e a escaldar na luz, um ónibus esperava, desatrelado, junto ao portal da igreja. Um trabalhador com o filho ao colo, e a mulher ao lado do seu xale de ramagens, andava ali, pasmando para a estrada, pasmando para o rio, a gozar ociosamente o seu domingo.»

(Os Maias)


Deixo aqui uma sugestão para um fim de tarde de domingo ...

5 comentários:

greentea disse...

que jogos de luz e de encanto aqui vão; outra forma de interligação perfeitamente conjugada...

enche-nos a alma

sem dúvida melhor que um banho energético, que de vez em quqndo também faz falta!
Um beijo para ti...

Mendes Ferreira disse...

EU JÁ NÃO AGUENTO TANTA BELEZA. PRONTOS!!!!!!

FOTOESCRITA disse...

E que bela partilha, T! Agradecida pela parte que me toca.

FOTOESCRITA disse...

Como não sei se voltas lá, aqui transcrevo a resposta do S.:


T.:
Muito obrigado pela tua simpática crítica, mas o meu lado não tem dificuldade. Limito-me a disparar sobre o que me aparece e agrada, e a M. que se "aguente"!
Mas também te digo, se ela se aguentou com esta foto do termómero mais estranho que já vi, acho que está apta para tudo!

--
Posted by DIAFRAGMA to FOTOESCRITA at 3/30/2006 01:58:30 PM

FOTOESCRITA disse...

T. e Greentea,
Vão ao meu outro blog Palavra Puxa Palavra http://www.outrostemas.blogspot.com/.
Pode ser que achem piada. ;-)