quarta-feira, janeiro 10, 2007

A Lisboa de Pessoa



(Estação do Rossio, no antigo Largo Camões onde Ofélia viveu)


«Amamos sempre no que temos
O que não temos quando amamos»

Fernando Pessoa

1 comentário:

FOTOESCRITA disse...

Somos uns eternos insatisfeitos.